05 setembro 2006

Temos, é que escolher!

As principais preocupações dos portugueses, nesta hora difícil de crise generalizada um pouco pela Europa.
São sem margem para dúvidas o desemprego, e a sustentabilidade da segurança social. Problemas esses, que deveríam unir e não dividir, a população portuguesa.
Infelizmente, isso está longe de ser uma realidade.
Cada um no seu egoísmo "intestinal", preocupa-se apenas a olhar para o seu umbigo, não pensando no amanhã. Tanto no seu, como no do resto dos portugueses.
Quer queiramos ou não, nada ficará como dantes..
Durante os últimos 40-50 anos, o sistema de segurança social, sustentava-se basicamente, dos descontos na altura, da pujante industria.
Principalmente a metalurgia, metalo-mecânica, os têxteis, o calçado e a industria vidreira.
Em que a idade de entrada no mercado do trabalho era aos 14 anos, e às vezes menos.
Ora isso acabou!
Com o aumento da escolaridade obrigatória, os jovens estão mais tempo a estudar.
Logo, a entrada no mercado de trabalho é muito mais tarde. Daí resulta, uma substancial diminuição de receitas, para a segurança social.
Com esta demora dos jovens, no mercado do trabalho, e com a quase destruição das nossas industrias, que futuro teremos!
Jovens de facto, mais bem formados. Mas...sem perspectivas de emprego!
E das duas uma!
Ou quem está no activo terá que ser solidário.
Estou a referir-me aqueles, que auferem maiores vencimentos, ganharem um pouco menos especialmente na função pública, para poderem no futuro, ter direito à sua reforma!
Ou então, continuamos a ser intransigentes, e daqui a alguns anos!
"Não há nada para ninguém"!
E vamos continuando, a formar jovens, para engrossar o lote de pessoas, à espera de uma oportunidade de emprego!
Temos é que escolher!

1 comentário:

MRelvas disse...

Precisamos de jovens bem formados nas artes do trabalho, indústria,agrícola,piscatório e empresarial.
Precisamos de educação,de civismo de formção professional coerente e capaz.De resto realmente é formar jovens para o desemprego...sem aquelas medidas o país afunda-se!
Que é feito das Escolas Industriais e Comerciais?Não é vergonha reconhecer os erros,o contrário é que o é!

Prémio

Prémio
Atribuído Pela nossa querida amiga e colaboradora deste espaço, a Marcela Isabel Silveira. Em meu nome, e dos nossos colaboradores, OBRIGADO.

Indicadores de Interesse

My Popularity (by popuri.us)

DESDE 11 DE JUNHO DE 2010

free counters

Twitter

eXTReMe Tracker

Etiquetas